Curitibanos não ficaram sem assistência no enfrentamento da pandemia.

Durante a pandemia, nada faltou. Nem leitos, nem equipamentos, nem medicamentos. Greca liderou ações intersetoriais e nenhuma pessoa infectada ficou sem o atendimento adequado. O trabalho tinha o objetivo de que a pandemia causasse o menor dano possível à cidade e seus moradores.