Greca deixa Curitiba mais e melhor iluminada

Sem descuidar dos serviços de manutenção, o trabalho de modernização do sistema de iluminação pública avança a cada dia

Além de não descuidar da manutenção do sistema de iluminação pública, com 304.790 trocas de luminárias danificadas entre janeiro de 2017 e outubro de 2020, a gestão Rafael Greca está promovendo uma revolução luminotécnica em Curitiba. O plano de substituição de luminárias de vapor de sódio de alta pressão e metálica por equipamentos com tecnologia de LED chegará a 60 mil pontos de iluminação pública até o fim de 2020.

Candidato à reeleição pelo DEM, Greca planeja substituir 100% dos pontos de iluminação por LED nos próximos 4 anos. “Queremos luz, mais luz para Curitiba. A mudança de padrão gera economia para a cidade, segurança para a nossa gente e mais sustentabilidade. As luminárias de LED iluminam mais e melhor, consomem menos energia e são mais duráveis”, explicou Greca.

Entre 2019 e 2020, a troca já alcançou perto de 40 mil pontos e as luminárias de LED são mais eficientes, gastam 50% menos energia, são mais duráveis, com vida útil de 50 mil horas ou 6 anos; e, também, não contém mercúrio, não emitem calor e nem raios ultravioleta. Como Curitiba possui aproximadamente 160 mil pontos de iluminação pública, o trabalho de substituição das luminárias já está atingindo 37,5% desses pontos.

O prefeito aponta que a modernização do sistema é acompanhada do recadastramento dos pontos de iluminação pública da cidade, o que contribui para o monitoramento do sistema e facilita a identificação de possíveis problemas relatados pela população por meio do 156.

Postes republicanos – As luminárias de LED também passaram a equipar os postes republicanos presentes em 97 locais públicos de Curitiba. Saíram as luminárias de vapor de alta pressão de sódio e de vapor metálico de 250 watts de potência e entraram os módulos de tecnologia em LED de 100 watts de potência com temperatura de cor branco quente. O trabalho foi feito em 2.094 pontos de iluminação.

Iluminação cênica – Somada à chegada do LED em ruas e avenidas, o prefeito Rafael Greca orientou a implantação de projetores luminotécnicos para valorizar a arquitetura de edificações e monumentos que são marcas de Curitiba. Desde 2017 até agosto de 2020, a iluminação cênica passou a equipar 45 locais.

A exemplo do trabalho já realizado, é possível citar: Casa Romário Martins, no Largo da Ordem; Cine Passeio, na Rua Riachuelo; portais Passeio Público – e a própria parte interna do parque; Memorial Árabe, na Praça Gibran Khalil Gibran; Memorial de Curitiba e seu Rio de Pinhões, no Centro; Tigre Esmagando a Cobra de João Turin e do Leão Alado de Veneza, ambos na Avenida Manoel Ribas; Memorial Ucraniano, no Parque Tingui; nova Central Geradora Hidrelétrica (CGH) Nicolau Klüppel, no Parque Barigui; Paço da Liberdade; Catedral Basílica de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, na Traça Tiradentes; estufa do Jardim Botânico. 

Parque e praças – Ponto de encontro da comunidade. Espaço de convivência, de brincadeira e para a prática desportiva. Assim são os parques e as praças distribuídas por toda Curitiba. Para favorecer o uso dos locais também nos períodos noturnos e contribuir com a segurança, foram feitas melhorias dos seus sistemas de iluminação.

Entre as 853 intervenções feitas nos últimos 3 anos e 8 meses, há exemplos em todos os cantos da cidade:  Praça Hilda Amaral Visinoni e Bosque Nair Cicchetto Andrade, no Alto Boqueirão; Bosque da Ordem, no Tatuquara; Jardinete General Murat Guimarães e Praça General João Gualberto Gomes de Sá, no Jardim Social; Praça Doutor João Visinoni, no Portão; Praça Antonio Gunha e Praça Luiz Cavichiollo II, na Vila Izabel; Praça do Japão, no Água Verde; Bosque Túlio Vargas e Jardinete Luiz Carlos Marrero, na CIC; Parque Nascentes do Rio Belém, no Boa Vista; Parque Linear Pilarzinho e Jardinete Landivio Tschoelke, no Pilarzinho; Parque Barreirinha; Academia ao Ar Livre da Rua Paulo de Frontin, no Cajuru; Praça Coronel Adélio Conti, no Bacacheri; Jardinete Antonio Durval Malheiros, no São Braz; Praça Maestro Bento Mussurunga, no Jardim das Américas; eixo de animação da Avenida Presidente Arthur da Silva Bernardes, entre os bairros Seminário, Vila Izabel, Santa Quitéria e Portão; Parque Mairi, na CIC; e o Parque Cambuí, no Fazendinha, entre outros.

Ciclovias e calçadas – Para facilitar e garantir melhor segurança a ciclistas e pedestres, durante a gestão Rafael Greca 2.659 pontos de iluminação em ciclovias e calçadas receberam novas luminárias.

Confira mais conquistas da área de iluminação pública clicando AQUI.