Greca deixa Curitiba mais protegida contra as cheias

Prefeito Rafael Greca visita obras na bacia dos Ribeirão dos Padilhas, que beneficiam moradores de seis bairros

A cada dia da atual gestão Rafael Greca, iniciada em 2017, Curitiba fica mais protegida contra as cheias dos seus córregos, ribeirões e rios. Obras de macrodrenagem foram e estão sendo executadas nas principais bacias da cidade. Outras intervenções estão programadas e também trarão mais segurança e qualidade de vida para a população.

Uma das obras em andamento acontece no Ribeirão dos Padilhas, que percorre os bairros Xaxim, Alto Boqueirão, Pinheirinho, Sítio Cercado, Bairro Novo e Ganchinho até desaguar no Rio Iguaçu. São trabalhos de perfilamento e a implantação de bacias de detenção que proporcionarão maior controle da sua capacidade de vazão, diminuindo seu potencial destrutivo em períodos chuvosos.

Em visita à uma das etapas da obra na última semana, no Córrego Jardim Esmeralda, afluente do Ribeirão dos Padilhas, no Xaxim, o prefeito Rafael Greca, candidato à reeleição pelo DEM, acompanhou a construção de uma das bacias de contenção. “A estrutura vai segurar a água para liberá-la aos poucos. Assim evitaremos que grandes volumes se somem ao caudal do córrego e do ribeirão provocando transbordamentos e inundações”, explicou Greca    

De acordo com Greca, as ações de perfilamento se estenderão por mais de seis quilômetros, com início na região da Rua João Batista Zagonel Passos e seguindo até o Rio Iguaçu, no Contorno Leste. O trabalho compreende o desassoreamento, realinhamento dos taludes e recuperação de alas de micro e macrodrenagem, bem como da mata ciliar do ribeirão.

Bacias de detenção – Além da bacia de detenção do Córrego Jardim Esmeralda, outras três estão sendo implantadas: no Arroio Cercado, no Arroio Boa Vista e no próprio Ribeirão dos Padilhas. “Essa é uma obra de macrodrenagem, que protege a vida e o patrimônio das famílias que se estabeleceram na bacia do Ribeirão dos Padilhas”, disse Greca.

Moradora da Rua Dante Honório, que margeia o Córrego Jardim Esmeralda, Natiele Caroline Stadler Fernandes elogiou os trabalhos e disse que a boa ação tem a marca de Rafael Greca. “Está ‘top’ demais e vai melhorar muito por aqui. Fica mais seguro, sem risco da água entrar na nossa casa. Uma vizinha ainda passou por aqui e me perguntou se era uma obra do Greca. Disse para ela que claro que era. O Greca faz muito por nós”, disse Natiele.  

Mais obras – Durante a gestão Rafael Greca, 13 obras na área de drenagem já foram feitas e outras 15 intervenções estão em andamento. Da implantação de estruturas de contenção e de facilitadores de correnteza (caso dos condutos forçados), passando pela ampliação e requalificação da rede de galerias de águas pluviais e por serviços de limpeza e desassoreamento que garantem vazão regular e evitam alagamentos, as obras priorizam a segurança e o bem-estar da população.

Outra grande obra de macrodrenagem que está em execução ocorre na Bacia do Rio Pinheirinho, que tem frentes de trabalho nos córregos Santa Bernadete, Henry Ford e Vila Curtume e nos rios Vila Guaíra e Pinheirinho. Entre as intervenções que foram concluídas está o perfilamento do canal e alinhamento do fundo do Rio Barigui. Trabalho executado ao longo de 22 quilômetros.