Novo inquérito instaurado por distribuição de panfletos

Presos na ação coordenada de difamação declaram à Polícia Federal que são ligados ao movimento sindical

A Polícia Federal instaurou um segundo inquérito, ainda nesta quinta-feira (12/11), para apurar a distribuição de panfletos apócrifos com conteúdo falso e injurioso contra o prefeito e candidato à reeleição Rafael Greca (DEM). Duas pessoas foram levadas para prestar depoimento na PF.

Elas declaram à polícia que são ligadas ao movimento sindical e distribuíam material com “fake news” (mentiras) no bairro Tatuquara. Um carro com adesivos do Sismuc (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba), que transportava o material irregular, foi apreendido.

Mais cedo, a PF já havia instaurado outro inquérito, após colher depoimento de três pessoas. Além disso, foram apreendidos sacos cheios de material irregular que estava sendo espalhado no Ceasa, Tatuquara e outros bairros.

Nesta quinta-feira, portanto, cinco pessoas prestaram depoimento à PF por estarem disseminando — em duas ações diferentes — material com “fake news” e que promovem injúria e difamação contra o prefeito.